BLOG DOS PROFESSORES APROVADOS SEEDF 2013

MEC divulga como universidades federais usarão o Enem no vestibular

Posted by Gilberto Lenz em 09/08/2010

Matéria publicada no Portal de Notícias da Globo em 9 de agosto de 2010.

35 terão exame como única forma de ingresso, sendo 15 com restrições. Seis instituições substituirão a primeira fase pela nota da avaliação.

As 59 universidades federais do país usarão a nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2010 em seus processos seletivos, segundo o Ministério da Educação. Do total, 35 usarão o exame como única forma de avaliação, sendo que 15 delas terão o uso restrito para parte das vagas ou para alguns cursos. O levantamento foi feito em julho pelo MEC e foi divulgado nesta segunda-feira (9) pela Agência Brasil, agência de notícias mantida pelo governo federal.

Quatro universidades vão usar o resultado do Enem como parte da nota do vestibular. Em outras seis instituições, o exame substituirá a primeira fase do vestibular e em três, o Enem será usado para preencher vagas remanescentes (que não tenham sido preenchidas no processo seletivo tradicional).

Onze universidades federais que aderiram ao Enem, de acordo com o MEC, ainda não haviam definido, no início de julho, como irão utilizar o exame em seus processos seletivos.

Veja como cada uma das 59 instituições aderiu ao exame:

Usarão o Enem como fase única:
Universidade Federal do Rio Grande (Furg)
Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE)
Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ)
Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT)
Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS)
Universidade Federal de Pelotas (Ufpel)
Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR)
Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre (UFCSPA)
Universidade Federal do Pampa (Unipampa)
Universidade Federal da Integração Latino-Americana (Unila)
Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS)
Universidade Federal do ABC (UFABC)
Universidade Federal de São Carlos (UFSCar)
Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (Unirio)
Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf)
Universidade Federal do Ceará (UFC)
Universidade Federal do Maranhão (UFMA)
Universidade Federal Rural do Semi-Árido (Ufersa)
Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB)
Universidade Federal do Oeste do Pará (Ufopa)
Universidade Federal Fluminense (UFF) (para 20% das vagas)
Universidade Federal de Itajubá (Unifei): (à exceção de quatro cursos de engenharia, que necessitam de prova específica)
Universidade Federal da Paraíba (UFPB) (para 10% das vagas)
Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) (a previsão é que use para parte dos cursos)
Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri (UFVJM) (para 50% das vagas)
Universidade Federal de Lavras (Ufla) (para a maior parte das vagas)
Universidade Federal de São João Del Rei (UFSJ) (para 10% das vagas; para o restante, o aluno pode optar por usar o Enem ou fazer o vestibular)
Universidade Federal da Bahia (UFBA) (para os cursos de bacharelado interdisciplinar: artes, ciências e tecnologia, humanidades e saúde)
Universidade Federal do Amazonas (Ufam) (para 50% das vagas)
Universidade Federal de Roraima (UFRR) (para 20% das vagas)
Universidade Federal de Viçosa (UFV) (para 20% das vagas; para as demais, usará o exame como complementação de nota)
Universidade Federal do Paraná (UFPR) (para 10% das vagas; para as demais, usará o exame como complementação de nota)
Universidade Federal de Uberlândia (UFU) (para parte das vagas; para as demais, o Enem será utilizado como primeira fase)
Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) (para alguns cursos)
Universidade Federal do Acre (Ufac) (para vagas de filosofia; em 50% das vagas do curso de música e para os demais cursos somente em vagas remanescentes)

Usarão o Enem como complementação da nota do vestibular:
Universidade Federal Rural da Amazônia (Ufra)
Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM)
Universidade Federal de Campina Grande (UFCG)
Universidade Federal de Santa Maria (UFSM)

Usarão o Enem como primeira fase do vestibular:
Universidade Federal do Pará (UFPA)
Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes)
Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)
Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF)
Universidade Federal de Pernambuco (UFPE)
Universidade Federal de Rondônia (Unir)

Usarão o Enem para preencher vagas remanescentes:
Universidade Federal de Alagoas (Ufal)
Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD)
Universidade de Brasília (UnB)

Aderiram ao Enem, mas ainda não definiram como usarão a nota:
Universidade Federal do Piauí (UFPI)
Universidade Federal de Alfenas (Unifal)
Universidade Federal de Sergipe (UFS)
Universidade Federal de Ouro Preto (Ufop)
Universidade Federal do Tocantins (UFT)
Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)
Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC)
Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)
Universidade Federal de Goiás (UFG)
Universidade Federal do Amapá (Unifap)
Universidade Federal da Integração Luso Afro-Brasileira (Unilab)

Uma resposta to “MEC divulga como universidades federais usarão o Enem no vestibular”

  1. E os Centros Federais? O CEFET-RJ vai adotar como fase única (igual em 2009), não é?

    Parabéns pelo blog!

    Abraço!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

 
%d blogueiros gostam disto: